BRS | Publicado em 08/03/2012

Rio já tem 29 quilômetros de BRS

O BRS (Bus Rapid Service) já alcançou um total de 29 km de extensão entre a Zona Sul e o Centro. As faixas exclusivas do Centro já abrangem a Av. Rio Branco, 1º de Março e Antônio Carlos e a Presidente Vargas, uma das vias de maior circulação da região.

As 187 linhas municipais e intermunicipais que passam pela Avenida Presidente Vargas tiveram seus pontos de parada modificados. Com as mudanças —inicialmente realizadas apenas nas pistas centrais, as linhas foram divididas em seis grupos, um deles apenas para os coletivos intermunicipais. Cada grupo terá pontos específicos, compartilhados ou não com os demais. Os ônibus municipais poderão usar 11 pontos no sentido Candelária e 16 no sentido inverso. Já os intermunicipais poderão parar em cinco pontos da pista central no sentido Centro. Na volta, haverá apenas um ponto na altura da Candelária. A partir daí, os ônibus intermunicipais continuarão a passar pela pista lateral da avenida.

O funcionamento do BRS Presidente Vargas é apenas em dias úteis, diferentemente do que ocorre em outras faixas preferenciais já implantadas, com horário entre 6h e 21h.

Uma das prioridades do sistema é a organização do tráfego, gerando mais fluidez ao trânsito e mais comodidade para os usuários. Dando melhores condições de circulação aos veículos, o bairro, seus moradores e o meio ambiente saem ganhando.

Este serviço pretende reduzir os congestionamentos. A expectativa do Rio Ônibus é que o corredor permita a redução da frota de 15% a 20%, e com a otimização dos itinerários e pontos, ajudar a atingir a meta de redução do tempo estimado para o trajeto em até 30%, além de aumentar a segurança no trânsito. A preocupação com a sustentabilidade ambiental também está incluída no projeto. Com a frota de ônibus reduzida, haverá redução do consumo de combustíveis, diminuindo assim a emissão de gases poluentes.

Com a operação na Presidente Vargas — um trajeto de 3,5 quilômetros do Trevo das Forças Armadas à Candelária —, a cidade passou a contar com 29 quilômetros de vias preferenciais para ônibus. Criado em fevereiro de 2011 na Avenida Nossa Senhora de Copacabana, e posteriormente nas ruas Barata Ribeiro e Raul Pompéia (Copacabana), Visconde de Pirajá e Prudente de Morais (Ipanema), e nas avenidas Ataulfo de Paiva e General San Martin (Leblon), o BRS (Bus Rapid Service), corredor exclusivo para ônibus, chegou às avenidas Princesa Isabel e Lauro Sodré, Botafogo. Em dezembro do mesmo ano, foi a vez do Centro do Rio, nas avenidas 1º de março e Presidente Antônio Carlos, ser brindado com o BRS. Em março entrou em funcionamento a pista da Presidente Vargas, cumprindo mais uma etapa importante da implantação das vias preferenciais.

+ Lidas

Rio Ônibus

Sindicato das Empresas de Ônibus da Cidade do Rio de Janeiro - Rio Ônibus



© Rio Ônibus 2016 - Todos os direitos reservados

Criação e Desenvolvimento:   Desenvolvido por Ideiatrip

www.ideiatrip.com.br

Direção de arte:
Vlad Calado
Design:
Daniel Uhr e Andressa Luz
Desenvolvimento:
Jonathas Guerra e Bruno Costa
Fotografia:
Arthur Moura

 
Popup Dialog Box Powered By : XYZScripts.com