Terminais | Publicado em 05/07/2012

Transferência do Terminal Padre Henrique Otte será dia 14 de julho

A transferência do atual Terminal Rodoviário Urbano Padre Henrique Otte (na Rua General Luiz Mendes de Morais) para a nova estação (na Praça Marechal Hermes 63) será neste sábado, dia 14 de julho. O novo terminal fica do outro lado da rua do atual. A proximidade não acarreta, portanto, alterações significativas nos itinerários das 23 linhas que fazem ponto no terminal. Não há previsão de mudança na circulação viária por conta da transferência. A migração para o segundo terminal será integral.

O Rio Ônibus, responsável pelo terminal rodoviário, está em negociação com o Programa Estadual de Integração na Segurança (Proeis) para contratar policiais militares de folga para segurança, que poderão prestar o serviço uniformizados por conta do sistema do programa. Em 50 estações serão alocados 300 homens da Polícia Militar – já em treinamento. A experiência está em fase inicial de implantação nas estações do BRT (Bus Rapid Transit). Enquanto o contrato não é fechado, a Guarda Municipal é a encarregada da segurança.

Uma nova Unidade de Ordem Pública (UOP) também terá sede na Região Portuária, com um contingente de 300 agentes. A expectativa é a de que essas medidas ajudem a inibir a ação de ambulantes. Segundo a Rioter, empresa responsável pela segurança, haverá câmeras de monitoramento do espaço por 24 horas.

As novas instalações são mais confortáveis: pé direito elevado, mais ventilado, iluminado, espaçoso, com quatro banheiros femininos e quatro masculinos, além de adaptação para portadores de deficiência. Neste sábado, usuários terão acesso a banheiros químicos. A medida é temporária, até que a obra de adaptação seja concluída. Mais baias para as paradas e um corredor para linhas em espera ajudarão a desafogar o trânsito.
A mudança de endereço do terminal é necessária à construção das alças de descida do Viaduto do Gasômetro, que serão conectadas à nova Via Binário do Porto, paralela à Avenida Rodrigues Alves. Provisoriamente, o novo terminal fica como instalação de embarque e desembarque dessas linhas.

Para auxiliar, uma equipe uniformizada do Rio Ônibus vai abordar passageiros, distribuir mapas, folhetos explicativos e esclarecer dúvidas, do dia 14 até o dia 18 de julho. Além de cartazes informativos fixados nas linhas que param no terminal e faixas que serão instaladas nas ruas próximas. Os usuários ainda podem consultar o serviço Fale Conosco do Rio Ônibus (0800 886-1000) para esclarecer dúvidas sobre os itinerários.

O planejamento da transferência é orientado pela Secretaria Municipal de Transportes (SMTR) em diálogo com a Companhia de Desenvolvimento Urbano da Região do Porto do Rio de Janeiro (Cdurp), a Concessionária Porto Novo e o Rio Ônibus.

O que muda para os usuários

O itinerário de saída não será alterado, a maior parte manterá o trajeto atual. Somente algumas linhas passarão por modificação no momento de chegada ao novo terminal.

As que partem da Rua Cardoso Marinho, Rua Santo Cristo e seguem para o Padre Henrique Otte (110, 111, 126, 127, 128, 129, 170, 172, 173, 178 e 190) passarão ao seguinte itinerário de chegada ao terminal provisório: Rua Cardoso Marinho, Rua Santo Cristo, novo terminal Padre Henrique Otte.

A partir de agora, aquelas que partem da Avenida Francisco Bicalho, Rua Comandante Garcia Pires em direção ao terminal (133, 136, 301, 302, 304, 305, 333, 353 e 606) chegarão pelo trajeto: Avenida Francisco Bicalho, Rua Comandante Garcia Pires, Avenida Cidade Lima, Rua Cordeiro da Graça, Rua Santo Cristo, novo terminal Padre Henrique Otte. Esses ônibus também não terão percurso de saída modificado.

As linhas originadas da Avenida Brasil, Ponte dos Suspiros, Avenida Rodrigues Alves, Rua Cordeiro da Graça, Avenida Cidade Lima, Terminal (181, 303 e 339) virão por Avenida Brasil, Ponte dos Suspiros, Avenida Rodrigues Alves, Avenida Professor Pereira Reis, Praça Santo Cristo, Rua Santo Cristo, novo terminal Padre Henrique Otte. A saída também permanece inalterada.

Ônibus das chamadas linhas executivas (2014 – Gávea-Rodoviária e 2017 – Rodoviária-Leblon Circular) permanecem com seus pontos terminais sem alteração de trajeto. Nada muda também para usuários da linha executiva 2330 (Rodoviária-Barra Da Tijuca-Via Linha Amarela – Circular).

Confira na galeria a localização e mudanças de linhas do terminal

 

+ Lidas

Rio Ônibus

Sindicato das Empresas de Ônibus da Cidade do Rio de Janeiro - Rio Ônibus



© Rio Ônibus 2015 - Todos os direitos reservados

Criação e Desenvolvimento:   Desenvolvido por Ideiatrip

www.ideiatrip.com.br

;

Direção de arte:
Vlad Calado
Design:
Daniel Uhr e Andressa Luz
Desenvolvimento:
Jonathas Guerra e Bruno Costa
Fotografia:
Arthur Moura

 
Popup Dialog Box Powered By : XYZScripts.com