Circulando Cultura | Rio Ônibus

Circulando Cultura

Poesia a bordo

Através de uma parceria inédita com a Academia Brasileira de Letras (ABL), o Rio Ônibus realizou, em 2010 e 2011, o projeto Poesia a  Bordo. O objetivo era levar aos ônibus uma distração saudável e com apelo cultural, aproveitando o tempo de deslocamento para divulgar obras relevantes da poesia brasileira.

Em média, o passageiro passa entre uma e três horas por dia dentro de um coletivo, seja de casa para o trabalho, do trabalho para casa, indo em grupos aos eventos da cidade ou passeando com a família. Foi pensando nisso que o Rio Ônibus realizou o projeto visando entreter, informar e oferecer ao cidadão – e aos cidadãozinhos – conhecimento e diversão.

O projeto, que teve duas edições, levou Castro Alves, Olavo Bilac, Gonçalves Dias, Gregório de Matos, Carlos Drummond de Andrade e muitos outros autores consagrados da literatura brasileira. Os poemas viajaram em cartazes bem coloridos e atraentes, colados em vários locais dentro dos ônibus.

Coube ao Rio Ônibus a responsabilidade de produzir o material, distribui-lo e fixa-lo no interior dos ônibus. A cada dois meses, eram trocados todos os cartazes para que o público tivesse acesso a outros autores. Com as poesias, que foram selecionadas pela ABL, de acordo com um rigor literário, as pessoas usufruíram de uma viagem mais agradável. O presidente da referida instituição à época, Marcos Vilaça, disse que o convênio expressou a oportunidade de Academia interagir com a população, aproximando-a da produção literária brasileira. “Essa ideia maravilhosa não foi nossa, foi do Rio Ônibus. A Academia teve apenas a missão de aproximar o cidadão da manifestação cultural”, afirmou Vilaça.

LEIA TODAS AS POESIAS DAS EDIÇÕES 1 E 2 DO PROJETO

Circulando Cultura – Primeira Edição (2010)

Circulando Cultura – Segunda Edição (2011)