/ NOTÍCIAS

Nota: ônibus incendiados em Del Castilho

O Rio Ônibus manifesta seu total repúdio ao ataque criminoso realizado por volta das 16h45 de hoje, em Del Castilho, que pôs em risco a segurança de passageiros e rodoviários das linhas 687 (Pavuna-Méier), 615 (Pavuna-Del Castilho) e 917 (Realengo-Bonsucesso), do consórcio Internorte.

Com mais esses três carros incendiados, sobe para 12 o total de ônibus queimados e totalmente destruídos na cidade do Rio desde janeiro de 2015, causando um impacto de cerca de R$ 4,5 milhões às empresas.

Atos de vandalismo como esse atingem diretamente o passageiro, que é o principal prejudicado, uma vez que não há seguro para incêndio criminoso, e, para substituir um veículo queimado, é necessário um prazo que pode chegar a seis meses – entre a compra, fabricação, entrega e licenciamento de um novo ônibus. Nesse período, podem deixar de ser transportados cerca de 100 mil usuários do sistema de transporte público em três veículos com a mesma capacidade dos que foram queimados.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Tarifa zero uma nova realidade

Há exatos sete anos, em setembro de 2015, o transporte público passou a integrar o Artigo 6º da Constituição como um direito social, assim como a educação, a saúde, o trabalho, o lazer, a segurança, entre outros itens. Apenas recentemente, no entanto, pôde-se verificar a adoção de medidas práticas, para assegurar esse direito constitucional. Uma

// LEIA MAIS

É preciso inovar para melhorar os transportes

Os sucessivos reajustes no preço dos combustíveis, particularmente do etanol, da gasolina e do óleo diesel, têm preocupado governantes, autoridades responsáveis pelos órgãos gestores da mobilidade urbana, operadores de transportes coletivos, proprietários de veículos de carga e de automóveis e, em especial, os usuários do transporte coletivo urbano de passageiros das principais cidades brasileiras. Nos

// LEIA MAIS

RECEBA NOSSOS INFORMATIVOS


powered by MailChimp!
Scroll to Top