/ NOTÍCIAS

Programa Rodoviário Cidadão tem cerimônia de formatura

Projeto da Fetranspor já treinou mais de 20 mil profissionais do estado do Rio de Janeiro, visando alinhar princípios éticos no relacionamento com os cidadãos e companheiros de profissão.

A Fetranspor, através da Universidade Corporativa do Transporte e da Fundação Getúlio Vargas, formaram na última quarta-feira, 10 de junho, mais de 800 motoristas, fiscais e despachantes de empresas do setor de ônibus do Estado do Rio de Janeiro, no Projeto Rodoviário Cidadão. Os profissionais se juntaram aos mais de 20 mil companheiros já certificados no projeto. A cerimônia no Vivo Rio contou com a presença dos secretários de Transportes estadual e municipal, Carlos Osório e Rafael Picciani e representantes dos sindicatos das empresas de ônibus e da Fundação Getúlio Vargas.

“Estamos vivendo uma época de grandes mudanças na nossa cidade e vocês são os responsáveis por levar o cidadão de suas casas para o trabalho. O Rio deve muito aos rodoviários e vai precisar cada vez mais de vocês com os novos BRTs Transcarioca e os futuros intermunicipais”, parabenizou Osório.

Foto: Rio Ônibus

Criado para abrigar os Programas Motorista Cidadão e Formação de Lideranças, o projeto nasceu em 2010 e conta com o corpo docente da Fundação Getúlio Vargas (FGV), visando levar aos participantes técnicas de gestão alinhadas aos princípios de liderança, cidadania e ética no relacionamento com clientes, motoristas, pares e superiores. No final do curso, os participantes que concluírem todos os módulos e obtiverem a frequência exigida, realizam uma prova para obter a Certificação.

Sobre as mudanças que a cidade está recebendo, o vice-presidente da Fetranspor, Paulo Fraga, afirmou que a educação é essencial. “O programa é um legado que estamos construindo e ele já é reconhecido. Um setor tão grande como o nosso necessita de um real aprendizado e ações como essa. Os rodoviários aqui formados conduzirão o novo modelo de transportes do Rio de Janeiro”, disse.

“O Programa Motorista Cidadão promove a conscientização do sistema de transporte e da sociedade sobre a importância na qualidade da prestação do serviço. O programa pretende fazer com que os profissionais incorporem valores de cidadania em seus cotidianos, reconhecendo seus deveres e direitos nas esferas profissional e social”, afirma Ana Rosa Bonilauri, diretora de Gestão de Pessoas da UCT.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Tarifa zero uma nova realidade

Há exatos sete anos, em setembro de 2015, o transporte público passou a integrar o Artigo 6º da Constituição como um direito social, assim como a educação, a saúde, o trabalho, o lazer, a segurança, entre outros itens. Apenas recentemente, no entanto, pôde-se verificar a adoção de medidas práticas, para assegurar esse direito constitucional. Uma

// LEIA MAIS

É preciso inovar para melhorar os transportes

Os sucessivos reajustes no preço dos combustíveis, particularmente do etanol, da gasolina e do óleo diesel, têm preocupado governantes, autoridades responsáveis pelos órgãos gestores da mobilidade urbana, operadores de transportes coletivos, proprietários de veículos de carga e de automóveis e, em especial, os usuários do transporte coletivo urbano de passageiros das principais cidades brasileiras. Nos

// LEIA MAIS

RECEBA NOSSOS INFORMATIVOS


powered by MailChimp!
Scroll to Top