/ NOTÍCIAS

Rio Ônibus leva 3 mil pessoas a seis museus e espaços culturais do Rio

O Rio Ônibus, através do Projeto Circulando Cultura em parceria com o Exército Brasileiro, promoveu o Circuito Cultural em que os visitantes puderam conhecer o Museu de Arte do Rio (MAR), Centro Cultural Banco do Brasil, Forte de Copacabana, Forte do Leme, Museu Histórico Nacional e o Monumento aos Pracinhas. As entradas e o transporte por ônibus entre os locais foram gratuitos.

Quatro ônibus de piso rebaixado foram usados no programa. Os veículos têm padrão europeu, ar condicionado, acessibilidade e grande área envidraçada, que possibilitou melhor visualização das paisagens do Rio de Janeiro. 35 monitores deram suporte aos participantes nos ônibus e locais de visitação.

No Forte do Leme, as pessoas participaram de uma caminhada ecológica e conheceram as instalações. O Forte de Copacabana recebeu praticamente o dobro de visitantes em relação à média mensal dos sábados, quando cerca de 1800 pessoas vão conhecer a construção histórica. Dessa vez passaram por lá 3500 visitantes. O professor de educação física Cláudio José Teixeira falou sobre a importância do evento. “Eu não tinha noção da beleza desse lugar. Não conhecia o Forte de Copacabana. Estou gostando muito e a iniciativa é maravilhosa”.

O Tenente Coronel Rego Barros, diretor do Monumento Nacional aos mortos da 2ª Guerra Mundial, também comentou a iniciativa do Exército. “Nós estamos proporcionando à população carioca e aos visitantes estrangeiros um dia de cultura. O Exército tem como lema: “braço forte, mão amiga”. Nós abrimos então a parte cultural ao povo interessado em conhecer os locais que fazem parte da nossa história, declarou.

No MAR, a estudante Júlia Silva pôde ver como o telhado do prédio, que reproduz as ondas do mar, também é uma obra de arte. “Foi muito legal essa ideia do passeio. Muito bom a gente conhecer nossos pontos turísticos e aprender a valorizar essas coisas que enriquecem a nossa história. O MAR tem uma riqueza cultural enorme”, afirmou.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Tarifa zero uma nova realidade

Há exatos sete anos, em setembro de 2015, o transporte público passou a integrar o Artigo 6º da Constituição como um direito social, assim como a educação, a saúde, o trabalho, o lazer, a segurança, entre outros itens. Apenas recentemente, no entanto, pôde-se verificar a adoção de medidas práticas, para assegurar esse direito constitucional. Uma

// LEIA MAIS

É preciso inovar para melhorar os transportes

Os sucessivos reajustes no preço dos combustíveis, particularmente do etanol, da gasolina e do óleo diesel, têm preocupado governantes, autoridades responsáveis pelos órgãos gestores da mobilidade urbana, operadores de transportes coletivos, proprietários de veículos de carga e de automóveis e, em especial, os usuários do transporte coletivo urbano de passageiros das principais cidades brasileiras. Nos

// LEIA MAIS

RECEBA NOSSOS INFORMATIVOS


powered by MailChimp!
Scroll to Top